Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Repositório Institucional











Cód. Autor Título Resumo Palavras-chave Cursos Data Cadastro Data Biblioteca Ações
4 Alessandra Oliveira Martins1 Orozimbo Henriques Campos Neto2 DIFICULDADES NA LOGÍSTICA DE MEDICAMENTOS DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA A Assistência Farmacêutica trata-se de um sistema descentralizado, com a participação crescente do município para a prestação dos serviços farmacêuticos, composta por um conjunto de procedimentos organizados para promover o acesso e uso racional dos medicamentos essenciais à população. Os principais desafios do setor são na gestão do ciclo da assistência farmacêutica, associado a logística dos medicamentos que impacta no atendimento da população. O estudo tem como objetivo avaliar as dificuldades na logística de medicamentos da assistência farmacêutica, a fim de identificar os problemas da falta de medicamentos e desperdícios na AF e os impactos da gestão pública o leva a limitação do acesso aos serviços de saúde. A busca teórica foi encontrada em locais disponíveis na biblioteca virtual em Saúde (BVS); Scientific Electronic Library Online (SCIELO); Google Acadêmico; e Biblioteca Nacional de Medicina (PubMed). Os critérios de seleção da metodologia foram direcionados conforme os seguintes descritores: Saúde Pública; Atenção à Saúde; Assistência à Saúde; Assistência Farmacêutica. As publicações foram lidas e escolhidas de modo a confirmar se os assuntos contemplam a pergunta de interesse para seleção dos estudos. Conclui-se que de acordo com os estudos levantados na revisão o atendimento da Assistência Farmacêutica possuem inúmeras falhas na gestão interna, considerada um contexto atual grave, pontuada em vários municípios brasileiros. Atenção à Saúde; Assistência à Saúde; Assistência Farmacêutica. Farmácia 23/03/2022 20/12/2021
5 Aline Dos Santos Pereira1 Dra. Renata França Cassimiro2 USO DE MEDICAMENTOS EMAGRECEDORES POR DISCENTES DA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA Expostos a uma mídia que dita os padrões de beleza, os jovens buscam utilizar medicamentos emagrecedores com expectativas de um rápido resultado. Diante disso, este trabalho tem como objetivo principal analisar a prevalência de uso de medicamentos emagrecedores por discentes da Faculdade Ciências da Vida. Este estudo utiliza um método descritivo do tipo quantitativo aplicado através de uma pesquisa de campo. O total de discentes participantes da pesquisa foi de 171 alunos, desse total, 32,7% relataram utilizar emagrecedores, sendo os mais utilizados a Sibutramina e a Fluoxetina. Um total de 62,5% respondeu ter sentido algum tipo de sintoma após a utilização, os mais relatados foram dor de cabeça, náuseas, dor no estômago e insônia. Dentre alguns participantes, foi relatado o uso de Sibutramina e Fluoxetina, que se utilizado em conjunto poderá levar à Síndrome Serotoninérgica. Em relação à prescrição e acompanhamento médico, 41,1% dizem ter adquirido sem prescrição médica. Quanto às orientações farmacêuticas, 67,8% não receberam orientações quanto ao uso correto. Metade da amostra respondeu ter utilizado por questões estéticas e 71,4% responderam que fazem o uso do medicamento, mas que não praticam nenhuma atividade física. A prevalência de uso de medicamentos emagrecedores pelos discentes da Faculdade Ciências da Vida levanta questões preocupantes, pois os relatos das reações adversas mostram que esses estudantes estão expostos a riscos. O alto índice de utilização de emagrecedores sem prescrição médica ou orientações do farmacêutico pode ocasionar consequências graves, portanto são necessárias ações de conscientização para promover o uso racional de medicamentos Emagrecedores; Obesidade; Automedicação de Emagrecedores; Moderador de Apetite Farmácia 01/04/2022 14/12/2021
6 Amanda Pacheco Pereira, Larissa Viana Almeida de Lieberenz, Carla Aparecida de Carvalho ASSISTÊNCIA AO PACIENTE COM LESÃO NEOPLÁSICA: uma visão dos profissionais de enfermagem da Comissão de Feridas A lesão neoplásica é um tipo de agravo clínico que acomete muitos pacientes com câncer em estágio avançado, que se encontram em cuidados paliativos e não têm um prognóstico de cura. A prestação da assistência a esses pacientes representa um grande desafio para a equipe de saúde. Assim, questiona-se: Como se configura a assistência de enfermagem da comissão de feridas de um hospital filantrópico de um município do interior de Minas Gerais ao paciente com lesão neoplásica? Tem como objetivo geral compreender como se configura a assistência de enfermagem da comissão de feridas a esses pacientes do hospital supracitado. Trata-se de uma pesquisa de campo, qualitativa, de caráter interpretativo, realizada em um hospital filantrópico de um município no interior de Minas Gerais. Foram entrevistadas 18 enfermeiras da comissão de feridas. Os aspectos éticos da pesquisa foram respeitados. Após a análise de conteúdo temática proposta por Bardin, foram construídas as seguintes categorias: “Assistência ao paciente com lesão neoplásica: o papel da comissão de feridas frente a prática” e “Elucidando as particularidades da lesão neoplásica: Cuidados e tratamento”. Diante deste contexto ficou evidente que a assistência do enfermeiro na comissão de curativos configura um trabalho complexo e dinâmico, uma vez que se faz necessário garantir um cuidado integral e holístico ao paciente com lesão neoplásica, mesmo quando a lesão não tem prognóstico de cicatrização. Lesão cutânea. Neoplasia. Equipe de assistência à saúde. Cuidados Paliativos. Enfermagem 01/04/2022 27/12/2021
7 Amanda Sívia de Oliveira, Raquel de MeloMarinho A DIMENSÃO DO TRABALHO NO MODELOAPAC: um modo de socialização? A APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) utiliza uma metodologia diferente dos presídios convencionais, na tentativa de possibilitar, aos egressos, uma alteração no percurso de suas vidas. Para investigar se a dimensão do trabalho, conforme desenvolvida no modelo APAC, constitui-se como uma forma de socialização da pessoa que cumpriu ou cumpre pena privativa de liberdade em decorrência da prática criminosa, desenvolveu-se, primeiro, uma pesquisa bibliográfica. Em seguida, realizou-se uma análise de dados, coletados em documentos, em um vídeo-documental da APAC de Santa Luzia/MG, intitulado “APAC: Matar o criminoso e salvar o homem”, e numa entrevista com um ex-funcionário do setor administrativo da APAC de Sete Lagoas/MG. Concluiu-se que o trabalho pode se constituir como uma forma de socialização para os egressos, desde que o Estado e a sociedade também sejam envolvidos na viabilização de oportunidades de empregos e/ou atividades laborais para os mesmos. trabalho; egresso; APAC; socialização. Psicologia 01/04/2022 27/12/2021
8 Ana Caroline Marques de Avelar, Geraldo Luiz Ribeiro TRANSAÇÃO TRIBUTÁRIA DE DÍVIDAS DE PEQUENO VALOR PARA OBTENÇÃO DE CONFORMIDADE FISCAL: Estudo de caso de clientes de um escritório de contabilidade de Sete Lagoas – MG durante o período pandêmico de 2020 e 2021 Levando em consideração o crédito tributário devido pelas entidades, o período pandêmico de 2020/ 2021 e por consequência a alteração na capacidade financeira das empresas possivelmente afetadas negativamente, uma das ações de suporte do governo para fins de incentivar a conformidade fiscal foi disponibilizar foi a Transações Tributárias de Dívidas de Pequeno Valor. Diante da situação questiona-se: quais as vantagens da transação tributária de dívidas de pequeno valor para obtenção de conformidade fiscal? Por ser ferramenta vantajosa o presente estudo busca analisar as vantagens de se obter tal conformidade para empresas clientes de um escritório de contabilidade de Sete Lagoas - MG, através da negociação tributária de dívida de pequeno valor oferecida pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional durante o período pandêmico de 2020 e 2021 crédito tributário; transação tributária; conformidade fiscal; pandemia. Ciências Contábeis 01/04/2022 26/01/2022
9 Ana Flávia Cruz de Paula, Suzane Mota Marques Costa EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL: PROMOÇÃO DE HÁBITOS ALIMENTARES SAUDÁVEIS EM CRIANÇAS DE 5 A 10 ANOS ESTUDANTES DE REDE PRIVADA DE ENSINO NO MUNICÍPIO DE PARAOPEBA-MG Uma alimentação saudável deve ser contemplada desde os primeiros dias de vida da criança, pois, os alimentos são extremamente importantes para o desenvolvimento das suas necessidades fisiológicas e para a evolução física e intelectual das crianças. Desta forma, o trabalho tem como objetivo identificar o estado nutricional, o consumo alimentar e o grau de conhecimento das crianças na fase escolar com idade de 5 a 10 anos. Para tal, os pais das crianças responderam um questionário socioeconômico e de frequência alimentar e foi realizada com os escolares uma avaliação nutricional e atividade de educação nutricional. De acordo com os dados apresentados, a maior parte das crianças encontra-se acima do peso recomendado. Além disso, os escolares apresentaram baixo consumo de verduras, frutas e legumes. Apesar do consumo de gorduras das crianças estar dentro da recomendação, houve diferença estatística entre um maior peso e maior consumo desses alimentos. Por fim, observou-se resultados positivos no nível de conhecimento dos alunos após a intervenção nutricional. Conclui-se que são necessárias mais estratégias de conscientização e modificação de hábitos alimentares nas escolas, de forma a melhorar o estado nutricional e a qualidade nutricional das crianças, evitando agravos à saúde na infância e vida adulta. Atividades Lúdicas, Saudabilidade, Desenvolvimento Infantil Nutrição 01/04/2022 27/12/2021
10 Ana Julya Ribeiro Braga de Assis, Lívia Gontijo Loura JUDICIALIZAÇÃO DO CANABIDIOL: análise dos processos deferidos contra o estado de Minas Gerais A saúde, incluindo o acesso à assistência farmacêutica, é um direito garantido à população e responsabilidade do Estado sendo respaldado pela Constituição Federal de 1988. Nas situações em que o acesso a medicamentos não ocorre prontamente, a judicialização se torna uma forma de se garantir o tratamento medicamentoso. As ações judiciais podem viabilizar o acesso a diferentes tipos de serviços de saúde, incluindo a obtenção de medicamentos. O presente estudo teve como objetivo fazer uma análise dos processos judiciais para acesso ao canabidiol em Minas Gerais, entre Agosto de 2017 a Agosto de 2021, por meio de dados fornecidos pelo Núcleo de Judicialização em Saúde de Minas Gerais, através de solicitação pelo Portal da Transparência do Estado. Foram analisados 23 processos judiciais, sendo 20 ainda ativos e 3 suspensos. A pesquisa revelou que 100 % das ações judiciais para acesso gratuito ao canabidiol foram deferidas. As principais patologias descritas nos processos para uso do canabidiol foram a asma brônquica, epilepsia refratária, dor crônica intratável e doença de Parkinson. As principais formas farmacêuticas do canabidiol solicitadas, seguidas por ordem de maior número de processos, foram a pasta, solução oral, tintura e cápsula. Evidenciou-se que poucos processos foram solicitados num período consideravelmente longo, sugerindo-se que existem poucas prescrições do canabidiol, assim também como a desinformação do potencial terapêutico do ativo. judicialização do canabidiol; judicialização do acesso ao canabidiol; judicialização da saúde; justiça e saúde. Farmácia 01/04/2022 27/12/2021
11 Alessandra Kelly Campos Barbosa1 Larissa de Almeida Viana Lieberenz 2 Carla Aparecida de Carvalho3 HISTÓRIA DA IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA A história das escolas de Enfermagem determina a trajetória dos enfermeiros que ali estudaram e suas perspectivas. Neste contexto, percebeu-se a falta de acervo sobre a história da Faculdade Ciências da Vida (FCV), que em 2006 foi pioneira na implantação do curso superior de Enfermagem em Sete Lagoas, Minas Gerais. Assim questiona-se: Como se configura a trajetória histórica da graduação em Enfermagem da FCV? Objetivou-se descrever a trajetória histórica da graduação de Enfermagem da referida faculdade. Trata-se de um estudo de campo, com abordagem qualitativa de caráter interpretativo. Os dados foram coletados através de uma entrevista com roteiro semiestruturado aplicados a nove egressos e cinco funcionários da instituição. As respostas foram examinadas pela Análise de Conteúdo Temática e foram construídas duas categorias, a saber: “O início: como tudo começou” e “O meio do caminho: o decurso da graduação”. Como pontos facilitadores foram apresentados que a faculdade dispunha de bons profissionais e contemplava práticas de aperfeiçoamento tanto de forma regular como extracurricular. A pesquisa também evidenciou os obstáculos e dificuldades vivenciados pela faculdade no momento de sua instauração e dos alunos durante todo o percurso da graduação. Destacam-se as dificuldades financeiras dos estudantes e as situações que envolviam trabalhar e estudar, mas que, apesar dos percalços, foi considerada uma escolha assertiva e que contribuiu para construção do “ser enfermeiro” História da Enfermagem; Escolas de Enfermagem; Estágio Supervisionado. Instituição de Ensino Superior; Escolha profissional. Enfermagem 01/04/2022 14/07/2021
12 Alessandra Regina de Souza1 Ione Aparecida Neto Rodrigues2 SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR DA POLÍTICA PÚBLICA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL EM SETE LAGOAS E AS CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA O presente artigo abordou questões relacionadas à Saúde Mental do trabalhador na cidade de Sete Lagoas/MG. Este estudo se justifica pela necessidade de chamar a atenção da esfera pública a nível assistencial, gestores e demais profissionais para intervir e minimizar os efeitos danosos causados pelo adoecimento psíquico no trabalho. Para melhor compreender este estudo, tem-se como objetivo geral: analisar quais são os transtornos causados em decorrência do adoecimento mental do trabalhador da Assistência Social em Sete Lagoas, respondendo a seguinte questão problema: qual a contribuição da psicologia na manutenção da saúde mental do trabalhador de políticas públicas da assistência social de Sete Lagoas? O presente artigo abordou a respeito da história e os desafios da Assistência Social, as ferramentas da Assistência Social no município de Sete Lagoas e as possibilidades e estratégias da Psicologia como forma de prevenção e manutenção de saúde mental do trabalhador da Assistência Social em Sete Lagoas. O método de pesquisa utilizado foi qualitativo descritivo, e como instrumento a entrevista semiestruturada com cinco colaboradores que atuam em políticas públicas assistência, com idade de 27 a 52 anos, e estes dados analisados a partir da Análise de Conteúdo d a proposta por Bardin, elegendo três categorias para discussão: a motivação para escolha da profissão, os impactos sofridos em decorrência do estresse e dificuldades do trabalho a atuação do psicólogo no cuidado à saúde mental. Os resultados referentes a coleta de dados com os entrevistados evidenciou que estes reconhecem a necessidade de uma intervenção psicológica, para minimizar os afastamentos decorrentes do estresse causados pelo exercício da profissão. Assistência. Políticas Públicas. Estresses. Administração 01/04/2022 14/07/2021
13 Alexandre Fernandes Oliveira1 1 Juliana Neves De Paula E Souza 2 A INFLUÊNCIA DAS MIDIAS SOCIAIS SOBRE O USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS Usuários de redes sociais apresentam uma grande tendência a se automedicar, principalmente em virtude das influências que encontram virtualmente, propagando-se o uso Irracional de medicamentos. A atual pesquisa tem como intuito analisar o poder que as mídias sociais têm em influenciar usuários a automedicação. Com isso , os objetivos do trabalho foram: evidenciar como o acesso a medicamentos está mais fácil nos dias atuais, e enfatizando a importância do farmacêutico para o uso racional, evitando assim PRM’S. O atual trabalho caracteriza-se por ser uma pesquisa de campo, descritiva, exploratória, qualitativa, o qual foi realizado a partir da utilização de um questionário eletrônico semiestruturado, aplicado a 160 usuários de redes sociais, em março de 2021. Apesar de muitos dos entrevistados conhecerem sobre o uso racional, ainda assim se automedicam, uma prática inadequada que deve ser combatida pelos profissionais da saúde, fato este que enfatiza a grande importância do papel do farmacêutico, além da necessidade de criação de medidas eficazes como a fiscalização de propagandas veiculadas na internet por exemplo. Automedicação; Influência; Farmacoterapia; Medicamentos; Internet. Farmácia 01/04/2022 14/07/2021
14 Alexandre José Soares Pereira 1 Andre Luiz Martins Pires Horta 2 SISTEMA DE RECUPERÇÃO DE ENERGIA CINETICA (KERS), SUA EVOLUÇÃO E APLICAÇÃO NA INDUSTRIA AUTOMOBILISTICA Este artigo é uma revisão de literatura sobre a evolução e aplicação do sistema de recuperação de energia cinética (KERS) na indústria automobilística. A pesquisa é classificada como descritiva e o estudo tem uma abordagem qualitativa. Este artigo é uma revisão de literatura, sobre a evolução e aplicação do sistema de recuperação de energia cinética na indústria automobilística. O estudo tem por finalidade analisar a evolução e aplicação do sistema de recuperação de energia cinética na indústria automobilística, bem como as tecnologias atuais aplicadas junto ao sistema recuperação de energia cinética para aumentar a eficiência e diminuir o consumo dos motores. Concluindo que atualmente o sistema KERS não atua sozinho, tendo outros sistemas trabalhando em conjunto para uma maior eficiência na recuperação de energia. Sistema de recuperação de energia cinética; KERS; Evolução do KERS. Engenharia Mecânica 01/04/2022 14/07/2021
15 Aline dos Santos Diniz Souza1 Gabrielli Pinho de Rezende² DESAFIOS DO ENFERMEIRO NA LIDERANÇA DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM SETE LAGOAS - MG profissional enfermeiro, principalmente pelas habilidades e competências desenvolvidas na sua formação, ocupa muitas vezes o papel de coordenador e líder da equipe da Estratégia de Saúde da Família. Essa atribuição, que vem somada àquelas da assistência direta aos usuários, é apresentada com potencialidades e fragilidades em sua atuação. Objetivo: compreender os desafios que o enfermeiro enfrenta como líder da equipe da ESF ao transitar entre as funções assistenciais e gerenciais. Metodologia: Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, de natureza descritiva, que tem como cenário um município de Sete Lagoas em Minas Gerais. Os participantes são enfermeiros que atuam na ESF e foram selecionados por meio da técnica de snowball. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com o uso de aplicativos gratuitos ou ligação telefônica. A análise dos dados ocorreu segundo a Análise de Conteúdo proposta por Laurence Bardin. Resultados: Foram construídas duas categorias: 1- O exercício da liderança na Estratégia de Saúde da Família e 2- Desafios da liderança na prática e possibilidades. Observou-se que o enfermeiro é visto como líder e referência para a equipe, além de valorizar ações baseadas no envolvimento da equipe e na atuação participativa. Notou-se dificuldade para exercer a liderança principalmente em relação às relações interpessoais e à associação das tarefas do enfermeiro assistencial e líder. Como estratégias e possibilidades de intervenções foram destacadas a imparcialidade e conhecimento do serviço a ser realizado. Considerações finais: Espera-se com essa pesquisa levantar reflexões sobre a liderança do enfermeiro na ESF e minimizar as fragilidades existentes. Atenção Primária à Saúde. Estratégia de Saúde da Família. Enfermeiras e Enfermeiros. Liderança. Enfermagem 01/04/2022 14/07/2021
16 Amanda Lopes de Souza1 Pauline Cristiane Moura2 AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO ALIMENTAR EM PROFISSIONAIS DE NÍVEL SUPERIOR DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SETE LAGOAS-MG. O comportamento alimentar é definido como conjunto de ações em que nossos hábitos são revelados quando nos alimentamos. Os problemas atuais, em termos de patologias relacionadas com a alimentação dos profissionais de ensino superior da Atenção Primária à Saúde (APS), requerem reflexão profunda no campo das ações pessoais, sociais e ambientais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento alimentar em profissionais que possuem ensino superior da APS do município de Sete Lagoas - MG, classificar o estado nutricional de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC) e investigar os hábitos alimentares desses indivíduos. Trata-se de estudo com delineamento transversal, pesquisa de campo quantitativa e descritiva. A população do estudo foi composta por 58 profissionais que atuavam diretamente no atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), selecionada por conveniência. O estudo revelou associação significativa com IMC adequado das maiores proporções de indivíduos que consomem às vezes/nunca comidas que lhe parecem apetitosa, cheira bem e tem bom aspecto, se comparados com indivíduos que consomem frequentemente (p=0,017). Também houve associação significativa com o IMC adequado das maiores proporções de indivíduos que se tiveram alguma coisa saborosa para comer, come-a de imediato às vezes/nunca se comparado aos indivíduos que comem frequentemente (p=0,021). Ademais, observou-se associação significativa com IMC adequado de maiores proporções de indivíduos que se sentiram ansioso, preocupado ou tenso tem desejo de comer às vezes/ nunca se comparado aos indivíduos que tem desejo frequentemente (p=0,016). Em geral, os entrevistados demonstraram que, embora estejam acima do índice IMC ideal, podem não ser influenciados por fatores externos ou emocionais em seus comportamentos alimentares e que, o que detém maior influência em seu sobrepeso é o alto consumo de alimentos ultraprocessados. Comportamento Alimentar, Hábitos Alimentares; Atenção Primária à Saúde Nutrição 01/04/2022 14/07/2021
17 Ana Luísa Rodrigues1 Orientador: Geraldo Luiz Ribeiro2 AUDITORIA INTERNA: sua importância como instrumento de auxílio para gestores na tomada de decisão Os administradores utilizam da auditoria interna como instrumento para controlar e monitorar as atividades e processos empresariais continuamente. Tal mecanismo permite atestar sobre a efetividade dos controles internos e se os mesmos estariam operando em conformidade com as diretrizes e políticas prédeterminadas. Adicionalmente, a auditoria interna avalia o sistema contábil, propiciando uma asseguração razoável de que os eventos resultantes deste sistema estariam em conformidade com as normas vigentes. Dada a importância deste tema para as organizações, o presente estudo tem como objetivo listar as ferramentas disponibilizadas pela auditoria interna para dar suporte aos gestores na tomada de decisão, apresentar as funções e modalidades da auditoria, além de demonstrar como é possível evitar prejuízos e ter exatidão das informações. A problemática é que dada a expansão econômica, as companhias necessitam cada vez mais desenvolver suas operações para se manterem ativas e competitivas no mercado, demandando auxílio e suporte da auditoria interna para obter informações úteis e fidedignas acerca da sua posição financeira e patrimonial. A metodologia se apoia na revisão bibliográfica em artigos científicos, livros, sites, e revistas da área contábil que tratam sobre o tema de auditoria interna. Este estudo expôs a importância da auditoria interna como uma ferramenta de auxílio à alta administração na tomada de decisão, condução eficiente das atividades e operações visando o alcance dos objetivos das organizações. Auditoria interna; Organizações; Administração. Ciências Contábeis 01/04/2022 14/07/2021
18 Ana Paula Nepomuceno 1 Flavia de Carvalho Barbosa 2 AS PERCEPTIVAS DA POLÍTICA DE INCLUSÃO NO BRASIL E A PSICOLOGIA A educação é um direito garantido por lei para todos os brasileiros, sem exceção. Neste sentido é importante que se debata e busque entender a educação inclusiva no Brasil e seus avanços. Assim questionou-se: quais as perceptivas da política de educação inclusiva no Brasil e como a psicologia pode se haver neste contexto? O objetivo geral deste artigo foi estudar a educação inclusiva no Brasil desde a colonização até os dias atuais. De modo específico, os objetivos buscaram analisar documentos que registram a história da educação inclusiva no Brasil, definir a educação inclusiva no Brasil, conceituar Psicologia Escolar e Psicologia Educacional e apontar as contribuições que a psicologia pode oferecer para a educação inclusiva no Brasil. A pesquisa se classifica em qualitativa e descritiva, a partir da análise de artigos selecionados em sites acadêmicos como Google Acadêmico, Scielo, e Pepsic, utilizando palavras-chave como educação inclusiva, psicologia educacional, leis e políticas públicas. Para a análise dos dados, foi utilizada a análise de Bardin (2016). Foi possível perceber que a evolução da história da educação voltada à inclusão das crianças e adolescentes com deficiência no Brasil avançou lentamente, sendo impulsionada pela sociedade civil e familiares de pessoas com deficiência, bem como influenciada por avanços internacionais nesta temática. Observou-se ainda que a presença da psicologia na escola é de grande importância, uma vez que seu conhecimento pode trazer benefícios como a adequação das atividades, suporte para a equipe pedagógica, mediação no relacionamento entre pais e professores, entre outros. Psicologia escolar. Psicologia educacional. Inclusão. Políticas públicas. Psicologia 01/04/2022 14/07/2021

Usamos cookies para lhe oferecer uma experiência de navegação melhor, analisar o tráfego do site, personalizar conteúdo e exibir publicidade direcionada. Se você continuar a usar este site, estará permitindo o uso de cookies por nós. OK